Jornadas Aromáticas da Ervaria das Luas

O olfato não engana.

Esse nosso sentido é capaz de fazer o mapeamento do nosso cérebro sem a coibição do julgamento.

Nós não podemos racionalizar diante de um cheiro – não, pelo menos nos primeiros segundos. O cheiro não passa pelo córtex; ele vai estimular diretamente o sistema límbico e o hipotálamo que controlam a maioria das funções vegetativas e endócrinas do corpo, como disse a engenheira química Sonia Corazza.

Sendo assim, o nosso nariz funciona como uma máquina do tempo recordando memórias do passado e acessando sentimentos esquecidos no subconsciente. Um aroma natural tem a chave de muitas portas esquecidas, que podem trazer lembranças boas e não tão boas; às vezes por trás de um aroma que não gostamos está escondido um trauma, um medo ou qualquer emoção bloqueadora que nos prive de sermos nosso eu mais puro e verdadeiro.

Tudo isso ocorre graças às atividades físico-químicas, no cérebro e a sua localização: o sistema olfativo está ao lado do sistema afetivo.

Os aromas aqui são ferramentas de autoconhecimento, superação e liberação emocional.

A Jornada Aromática foi inspirada nas minhas vivências pessoais e aplicações dos óleos essenciais para o autoconhecimento e entendimento maior do meu estar no mundo.

Incentivando a autonomia, o auto acolhimento, liberação de padrões de comportamento, autoconfiança e principalmente o reavivar intuição.

Serão encontros semanais de interação e conversa sobre o óleo essencial proposto, suas funções no corpo emocional acompanhados de meditação com o óleo práticas de implementação e criatividade intuitiva.

Mais informações em breve!